Aprenda a trocar o fluido de freio do seu carro seguindo essas super dicas

Aprenda a trocar o fluido de freio do seu carro seguindo essas super dicas. O fluido de freio do carro deve ser trocado regularmente, a cada 2 anos ou 40.000 km rodados, pois é um item de extrema importância para a segurança de todos no trânsito.

Aprenda a trocar o fluido de freio do seu carro seguindo essas super dicas

Antes de mais nada, vale lembrar que fazer a troca do óleo de freio é uma tarefa muito delicada. Pois o fluido é um elemento muito corrosivo, sendo indispensável fazer o uso de equipamentos de segurança para os olhos e mãos.

Recomendamos que peça a ajuda de uma pessoa para auxiliar na hora da troca do fluido.

Na hora de fazer a substituição do fluido de freio, será necessário utilizar os seguintes instrumentos:

  • Óculos protetores
  • uma par de luvas
  • Fluido de freio, de acordo com especificação do veículo
  • Duas seringas
  • Recipiente para pôr o fluido extraído do carro
  • Chave para abrir o sangrador
  • Conexão de borracha
  • Macaco
  • Chave de rodas

Atualmente, são comercializados os fluidos DOT3, DOT4 e DOT5.1. Quanto maior o número DOT, menos viscoso é o fluido.

Atenção!!!

Não se deve misturar fluidos, mas sim, fazer a substituição total do líquido.

Aprenda a trocar o fluido de freio do seu carro seguindo essas super dicas

Alguns sinais indicam quando se deve fazer a troca do fluido:

  • Luz de advertência acesa no painel
  • Quando se percebe que é necessário fazer mais força para pisar no pedal de freio
  • Atraso no tempo de resposta da frenagem

Portanto, para fazer a troca do óleo de freio (fluido), o carro deverá estar desligado e em local plano.

Em seguida, abra o capô do carro, e utilize uma seringa para extrair o fluido do recipiente.

Logo depois, ponha o líquido novo imediatamente no recipiente totalmente vazio.

Para que os freios estejam 100% funcionando, é muito importante evitar que fique ar no sistema.

Agora, tire cada uma das rodas do veículo, para poder acessar o sangrador da pinça de freio.

No entanto, a ordem para a remoção das rodas é a seguinte:

  • Roda traseira esquerda
  • Roda traseira direita
  • Roda dianteira esquerda
  • roda dianteira direita

Seguindo a sequência da remoção das rodas, retire primeiramente a proteção de plástico (tubinho da bomba de freio).

Em seguida, introduza uma conexão de borracha, e na extremidade oposta, ponha uma vasilha para coletar o fluido antigo.

Agora, para fazer a sangria, antes de afrouxar o parafuso, peça para que seu auxiliar pise no pedal de freio repetidamente, mas sem ir até o final.

Logo depois, abra o sangrador, com seu auxiliar pisando lentamente no pedal de freio, mas dessa vez, até o final. Feito isso, feche o sangrador.

Abra o capô e certifique-se que o fluido está entre os níveis mínimo e máximo do recipiente. Caso não esteja atingindo o nível mínimo, complete-o e feche bem o recipiente, antes de iniciar o processo na roda seguinte.

Após terminar o processo em cada roda, verifique sempre o nível de fluido do recipiente de freio. Feche bem o sangrador, remova a conexão e ponha a proteção de plástico de volta.

Por fim, ponha a roda de volta ao seu lugar.

Atenciosamente,

Equipe De Bem com a Vida

Veja também:

Vamos aprender a calibrar o pneu do seu veículo seguindo 5 passos?

Troque o pneu do seu carro em apenas 10 minutos

Saiba como ajustar a corrente da sua moto seguindo essas super dicas