Saiba como ajustar a corrente da sua moto seguindo essas super dicas

A corrente da moto é um item de extrema importância para o desempenho e segurança da moto. Com o tempo, ela perde a lubrificação e começa a criar folga por conta do desgaste produzido pelo o uso.

Saiba como ajustar a corrente da sua moto seguindo essas super dicas

Correntes comuns – Saiba como ajustar a corrente da sua moto seguindo essas super dicas

Antes de mais nada, você precisa saber qual é o tipo de corrente da sua moto. Atualmente, há vários modelos e marcas de correntes à venda no mercado.

O tipo de corrente mais comum não conta com o sistema de lubrificação interna. No entanto, o atrito produzido é bem menor, mas exige-se ainda mais cuidados em tremo de manutenção.

Correntes vedadas – Saiba como ajustar a corrente da sua moto seguindo essas super dicas

Já as correntes vedadas (O-ring, X-ring ou Z-ring) possuem um tipo de borrachas vedantes entre os elos e rolantes.

Todavia, essas borrachas vedantes conservam o lubrificante no interior dos componentes da corrente, evitando o acúmulo de sujeiras.

É muito importante observar, independentemente do modelo e marca, o desgaste da corrente, da roda dentada e do pinhão, pois esses três elementos compõem o conjunto relação da moto.

Faça a limpeza, o ajuste e a lubrificação da corrente regularmente

Não só a corrente, mas o conjunto relação da moto deve estar em boas condições de uso, para que não haja perda de potência, bem como riscos da corrente saltar e causar algum acidente.

Com o uso, é importante observar a folga da corrente, em virtude do desgaste produzido em ambos os itens da relação da moto (corrente, roda dentada e pinhão).

Para fazer a manutenção da corrente da moto, siga o passo a passo:

  • Posicione a moto sobre o cavalete central, em um local plano. Veja quais chaves você irá precisar para afrouxar e arroxar os parafusos e porcas
  • Em seguida, ponha uma proteção de polietileno no aro traseiro, para evitar que o excesso de fluido pingue no mesmo e cause algum dano
  • Agora, limpe a corrente com parafina (querosene) e uma escova macia, fazendo a remoção de sujidades e resíduos acumulados. Limpe a corrente com um pano limpo e seco
  • Logo depois, lubrifique a corrente, fazendo uso de um lubrificante recomendado para o tipo de moto específico
  • Logo após a lubrificação, aguarde um tempinho, para poder movimentar a moto. Isso fará com que o lubrificante penetre nos elos e rolantes da corrente
  • Por fim, verifique se há folga na corrente, apertando e soltando a mesma, observando se está de acordo com o especificado no manual do proprietário ou etiqueta

É importante fazer a verificação de possíveis irregularidades na corrente. Dessa vez, será preciso movimentar levemente a roda traseira para a frente, para ver onde a corrente arroxa mais, e onde fica mais frouxa.

A corrente deve ficar com uma folga de cerca de 1 a 1,5 polegadas, mas poderá variar de acordo com o modelo da moto. Isso é feito pressionando a corrente para cima e para baixo.

A corrente não poderá ficar nem muito justa, nem muito folgada.

Portanto, chega o momento que não tem mais como ajustar a corrente fazendo uso apenas dos esticadores, sendo necessário encurtar a corrente, retirando duas ou mais peças da mesma.

Mas, esse serviço deverá ser executado por um profissional, para que não haja riscos de acontecer algum acidente, em razão do rompimento da corrente.

Frequência de manutenção da corrente

A frequência da manutenção da corrente da moto, depende muito do estilo de uso de cada um. Deve-se levar em consideração as condições climáticas, trocas de marchas, estação chuvosa, tipo de estradas, entre outras.

Espero que este artigo tenha contribuído para que você, motociclista, aprenda a fazer a manutenção preventiva da corrente da sua moto, evitando, assim, qualquer tipo de inconveniente que possa surgir em decorrência da falta de manutenção.

Atenciosamente,

Equipe De Bem com a Vida

Veja também:

Aprenda a trocar o fluido de freio do seu carro seguindo essas super dicas

Vamos aprender a calibrar o pneu do seu veículo seguindo 5 passos?

Troque o pneu do seu carro em apenas 10 minutos